Breaking News

Engenheiros que atestaram segurança de barragem em Brumadinho são presos em SP e MG

A Polícia Federal, o Ministério Público Federal, os Ministérios Públicos Estaduais de Minas Gerais e São Paulo e as Polícias Civil e Militar de Minas cumpriram na manhã desta terça-feira, 29, cinco mandados de prisão e outros de busca e apreensão contra engenheiros que atestaram a segurança da Barragem 1 da Mina do Feijão, em Brumadinho, Minas Gerais.
A ação tem como objetivo apurar a responsabilidade criminal pelo rompimento da barragem do córrego do Feijão, na última sexta-feira, 25.
Os engenheiros Makoto Namba e André Yum Yassuda foram presos nos bairros de Moema e Vila Mariana, na zona sul da capital. As ordens são de prisão temporária com validade de 30 dias.
Em São Paulo, as ações são coordenadas por promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MP de São Paulo, e pelo Departamento de Capturas (Decade) da Polícia Civil paulista.
Cinco mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal em Belo Horizonte foram cumpridos em sedes de duas empresas e residências em Nova Lima, Minas Gerais, e na capital paulista. Outros sete mandados de busca e apreensão expedidos pelo juízo da comarca de Brumadinho foram cumpridos na região metropolitana de Belo Horizonte e o restante na capital paulista.
No Twitter, a Vale informou que está colaborando com as autoridades.



AGÊNCIA ESTADO

Nenhum comentário