Breaking News

Senado proíbe cobrança para marcar assento em voos

O Senado aprovou nesta quarta-feira, em votação simbólica, projeto de lei que proíbe a cobrança por marcação antecipada de assento em voos comerciais, uma prática recentemente adotada pelas companhias aéreas brasileiras.
A matéria vai agora à Câmara dos Deputados, onde já tramita decreto legislativo aprovado no Senado em 2016 que proíbe a cobrança por bagagem despachada. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi criticado por senadores por, nas palavras de Fátima Bezerra (PT-RN), “sentar em cima do projeto até hoje”.

ROBSON PIRES

Nenhum comentário