Breaking News

Carlos Eduardo, Fátima e Robinson deixam convenções para a “última hora”


PDT, PSD e PT, legendas de Carlos Eduardo Alves, Robinson Faria e Fátima Bezerra, respectivamente, deixaram para realizar no limite do prazo suas convenções partidárias para homologar as candidaturas ao Governo do Rio Grande do Norte. A data máxima estipulada pela Justiça Eleitoral para os encontros é o dia 5 de agosto, próximo domingo.
Na reta final das convenções, os partidos seguem à procura de novos apoios e buscam consolidar as chapas para a disputa das próximas eleições.
No sábado, 4, serão oficializadas as candidaturas de Carlos Eduardo (PDT) e Fátima (PT). E, no domingo, 5, será a vez da homologação da candidatura do governador Robinson (PSD) à reeleição. Todos os encontros vão acontecer em Natal.
Os partidos coligados ao ex-prefeito da capital (DEM, MDB, PDT, PP e Podemos) se reunirão a partir das 12h no Palácio dos Esportes, em Petrópolis. Antes, na sexta-feira, 3, haverá um encontro do PP em Mossoró para oficializar a candidatura do publicitário Kadu Ciarlini a vice-governador. Os candidatos ao Senado da chapa serão Antônio Jácome (Podemos) e Garibaldi Alves Filho (MDB).
Já as legendas que apoiam a candidatura ao Governo de Fátima (PCdoB, PHS e PT) realizarão sua convenção no Espaço América, no Tirol, a partir das 12h. O vice da senadora será o procurador Antenor Roberto (PCdoB). Os candidatos ao Senado da chapa serão Alexandre Motta (PT) e Zenaide Maia (PHS).
Por fim, no domingo, as siglas reunidas em torno da candidatura à reeleição de Robinson (Avante, PMB, PMN, PTB, PTC, PPS, PR, PRB, Pros, PRP, PSD e PSDB) farão a convenção no Hotel Holliday Inn Arena das Dunas, a partir das 9h. O vice ainda não está definido, e, para o Senado, o grupo só apoiará um candidato: Geraldo Melo (PSDB).
Fátima, Carlos Eduardo e Robinson, nesta ordem, são os três melhores colocados nas pesquisas de intenção de voto que vêm sendo divulgadas para o Governo do Estado. A última sondagem do Instituto Certus, divulgada no domingo, 29, pela Federação das Indústrias, trouxe Fátima com 29%; Carlos Eduardo, com 15%; e Robinson, com 6%.
O levantamento ouviu 1.410 pessoas de 40 municípios em 7 regiões potiguares entre 21 e 25 de julho. A margem de erro é de 3%, com grau de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob os números RN-08199/2018 e BR-04763/2018.
OUTROS PARTIDOS
Além das postulações que ainda faltam ser validadas, o Rio Grande do Norte já tem duas candidaturas homologadas para governador.

A primeira a ser confirmada foi a do ex-prefeito de Olho D’Água do Borges Brenno Queiroga, que, além do seu partido (o Solidariedade), terá apoio de Democracia Cristã, Patriota, PSC, PSL e PV. O candidato a vice-governador é o delegado Sérgio Leocádio (PSC). Para o Senado, a coligação só anunciou até o momento uma candidata a senadora: a ex-atleta Magnólia Figueiredo (Solidariedade).
Além disso, o PSOL já confirmou a candidatura do professor Carlos Alberto para o Governo. Em uma chapa “puro sangue” (ou seja, sem apoio de nenhum outro partido), Carlos tem como candidata a vice a servidora pública Célia Dantas. Os candidatos ao Senado são os professores Laílson Almeida e Telma Gurgel.
Outro partido que terá candidatura própria ao Governo do Estado é a Rede Sustentabilidade. A sigla faz sua convenção na sexta-feira, 3, a partir das 17h, no Câmpus Natal-Central do IFRN. A legenda deverá homologar o nome do educador Freitas Júnior como candidato a governador. Para o Senado, o único nome confirmado é o de João Napoleão. Os candidatos a vice-governador e segundo senador serão definidos na convenção.
O PSTU, por sua vez, vai realizar sua convenção na sexta-feira, 3, no auditório do Sinpol, a partir das 18h. Na oportunidade, serão homologadas as candidaturas dos professores Dário Barbosa (governador) e Socorro Ribeiro (vice). Para senador, os candidatos do PSTU serão a da professora Ana Célia e o servidor público João Morais. A chapa será “puro sangue”.



AGORA RN

Nenhum comentário