Breaking News

CNH digital tem baixa procura no RN; 3 mil motoristas emitiram o documento


Mais de 3 mil motoristas emitiram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) digital no Rio Grande do Norte. De acordo com os dados do Departamento Estadual de Trânsito do estado (Detran), são 3.381 condutores que possuem o documento nos celulares, representando apenas 1,49% do total de pessoas aptas a solicitar a versão digital.

O número ainda é considerado pequeno devido a quantidade de motoristas aptos a solicitar a CNH digital. Atualmente circulam no estado 227.054 condutores que possuem nas CNHs o instrumento denominado QR-Code, que é o código em sistema de barras impresso no verso do documento, necessário para que a emissão da CNH-e (abreviação da versão digital) seja efetivada. O processo de emissão foi autorizado pelo governo desde março deste ano.

Ainda segundo os dados do setor de estatística do Detran, há 833.965 condutores no estado, sendo 591.240 motoristas do sexo masculino e 242.725 do sexo feminino. Deste total, 27,23% possuem CNH com QR-code e estão aptos a solicitar o documento na versão digital. Os condutores que não possuem o novo modelo de CNH e desejam ter CNH-e devem solicitar a segunda via do documento físico no Detran.

Eduardo Machado, diretor geral do Detran, afirmou que no Rio Grande do Norte a CNH-e é emitida sem nenhum custo para o cidadão habilitado. “O Detran se antecipou ao prazo estabelecido pelo Denatran para oferecer a CNH digital que era agora em julho e desde março estamos disponibilizando esse serviço de forma gratuita”, comentou.

A solicitação da CNH-e é opcional. A funcionalidade do serviço é conseguida por meio de um aplicativo que pode ser feito o download nas plataformas digitais do Google Play Store (Android) ou App Store (iOS). É importante lembrar que antes de baixar o aplicativo da CNH Digital, o condutor deve entrar no site no Portal de Serviços do Denatran e preencher o cadastro de usuário com informações de nome completo, CPF, data de nascimento, email e cadastrar uma senha.

Em seguida, é necessário que o motorista vá a uma unidade do Detran para confirmar seus dados. Depois, o motorista deve baixar o aplicativo gratuito e acessa por meio de um código de ativação que deve ser enviado para o email do usuário diretamente pelo Denatran. Já aquele condutor que possui certificado digital não precisa ir ao Detran, pois no site do Denatran todo o procedimento pode ser resolvido. “Se o usuário estiver com os dados de telefone e email atualizados no sistema do Detran o processo também pode ser concluído diretamente pelo Denatran, sem a necessidade de se dirigir a um posto físico do Detran”, explicou o subcoordenador de Informática, Hugo Guimarães.


G1 RN

Nenhum comentário