Breaking News

Ausências de deputados levantam suspeitas sobre falta de união nas chapas


Tão – ou talvez até mais – sentida quanto as presenças de alguns nomes nos eventos políticos das chapas encabeçadas por Carlos Eduardo Alves (PDT) e por Robinson Faria (PSD), foram as ausências de certos deputados estaduais e federais aos encontros realizados nesta sexta-feira, 29. Sobretudo, na reunião do ex-prefeito de Natal, visto que a ele, apenas um deputado estadual esteve presente: Albert Dickson (PROS), que fez questão de deixar claro, ao final, que ainda não garantiu apoio a Carlos Eduardo.
Por meio de nota, Albert Dickson explicou que esteve presente ao evento para confirmar o apoio ao deputado federal Antônio Jácome (PODEMOS), mas que ainda se reunirá com a cúpula nacional da sigla para definir quem apoiará para o Governo do RN. Além dele, foi ao local do evento também o deputado estadual Getúlio Rêgo (DEM), que acabou indo embora antes mesmo do evento começar (houve um atraso de quase uma hora).
José Adécio, colega de Getúlio no DEM, sigla que compõe a chapa de Carlos Eduardo, também não foi. Assim como os parlamentares do MDB, Hermano Morais e Nélter Queiroz, mesmo diante do fato de que o senador Garibaldi Alves Filho, presidente estadual da sigla, é pré-candidato a reeleição.
No caso de Nélter, não é de hoje que comenta-se nos bastidores da política que ele não tem concordado com os rumos que a chapa proporcional está tomando, pois dificultaria a reeleição dele. Sobre Hermano, a informação é que ele não teria sido “informado”, nem “convidado” para o evento. Por isso, não compareceu.
Além disso, levou “falta”, também, o deputado estadual Jacó Jácome (PSD), filho do deputado federal Antônio Jácome, que seria, talvez, o principal nome do evento de sexta-feira, pois o encontro oficializava a condição dele de integrante da chapa de Carlos Eduardo. Jacó, porém, vive uma situação delicada pois integra o PSD, partido presidido no Estado pelo governador Robinson Faria, adversário de Carlos Eduardo e que pode não dar a legenda para o filho de Jácome ser candidato à reeleição.
Outro “filho ausente” nesse evento foi o deputado federal Felipe Maia (DEM), primogênito do senador José Agripino Maia (DEM). Felipe foi diretamente atingido pela decisão do senador de não ser candidato a reeleição para “contribuir”, segundo ele, na vitória de Carlos Eduardo Alves, visto que, com a decisão, Agripino vai para a disputa pela Câmara dos Deputados, forçando o filho a disputar a Assembleia Legislativa ou sair, pelo menos temporariamente, do cenário político.
OUTRO LADO
Além da chapa de Carlos Eduardo, no encontro do PSDB que oficializou o apoio à reeleição de Robinson Faria, também foram sentidas as ausências dos deputados Tomba Farias e Larissa Rosado. Ambos podem integrar, segundo também se comenta nos bastidores, a chapa de Carlos Eduardo, apoiando de maneira não oficial (visto que não podem levar o partido para isso) o ex-prefeito.




AGORA RN

Nenhum comentário