Breaking News

Polícia desmente boato de que mãe de adolescente Iasmin tenha sido presa


A Polícia Civil, através de sua assessoria de imprensa, desmente boatos publicados nas redes sociais afirmando que a mãe da estudante Iasmin Lorena, desparecida desde o dia 28 de março passado, esteja presa. Além disso, não há nenhum mandado de prisão em desfavor de Ingrid de Araújo.
Além do boato acerca da prisão da mãe da estudante, também estão sendo publicadas as informações de que Ingrid teria envolvimento sexual com o pedreiro Marcondes Gomes da Silva, 45 anos – preso no início da tarde desta quinta-feira – e que ela seria a autora do crime contra a própria filha.
Na tarde de hoje, os pais de Iasmin estiveram no Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP) para fazer a coleta de material (saliva) que será utilizado no exame de DNA que irá apontar se o corpo encontrado enterrado, nessa terça feira, dentro de uma casa em construção, é ou não de Iasmin Lorena.
Também esteve no ITEP, o pedreiro Marcondes Gomes, que fez exame de corpo de delito, antes de ser conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos sobre o caso, que corre em segredo de justiça. Ele negou qualquer participação no momento em que foi preso pela Polícia Militar, na praia de Rio do Fogo. Disse aos policiais que estava na região para conseguir apoio de uma sobrinha na contratação de um advogado.



AGORA RN

Nenhum comentário