Breaking News

Médica identifica dor no dedão ligada ao excesso de WhatsApp

whatsappUma médica espanhola descreveu na publicação médica “The Lancet” desta semana o primeiro caso do que chamou de WhatsAppitis – dor na região do pulso e tendinite no dedão. O problema identificado no final de 2013, concluiu a médica espanhola Inés Fernandez-Guerrero, foi causado pelo uso intenso do aplicativo de troca de mensagens WhatsApp.
A paciente de 34 anos também é médica e estava grávida de 27 semanas quando sentiu a dor no pulso, dias depois do Natal. Ela não tinha histórico de traumas nem havia feito exercícios físicos naquela semana. Mas, como estava de plantão na noite de Natal, passou o dia seguinte respondendo às mensagens de boas festas que havia recebido via WhatsApp.


Fonte: Robson Pires