Breaking News

VIOLÊNCIA: Campina Grande/PB registra três assassinatos em menos de 12 horas neste final de semana; todas as mortes aconteceram durante bebedeiras

O final de semana foi marcado pela violência na cidade de Campina Grande. Em menos de 12 horas, três pessoas foram executadas a tiros. Em todos os casos, as mortes aconteceram durante bebedeiras.
O último homicídio aconteceu no final da manhã deste domingo (16), em um açude no bairro das Três Irmãs.
O servente de pedreiro Deusideth Almeida Silva, de 22 anos, se banhava e tomava cervejas no ‘Açude de Silveirinha’ – localizado atrás do condomínio Major Veneziano – quando foi surpreendido por dois homens armados.
Os criminosos chegaram ao local em uma motocicleta. Um dos bandidos estava com um revólver e o outro com uma espingarda.
O alvo dos bandidos era mesmo Deusideth, isso porque os assassinos começaram a atirar no rapaz quando ele ainda estava dentro da água.
Mesmo ferido, o servente de pedreiro ainda tentou escapar fugindo para dentro do matagal, mas acabou sendo seguido e executado com um tiro de espingarda na cabeça.
De acordo com a PM, cinco disparos atingiram o jovem que morreu na hora.
Segundo o sogro da vítima, o crime pode ter ligação com uma crise de ciúmes. “Meu genro saía de casa no domingo dizendo que vinha jogar bola, mas aqui eu descobri que ele estava tento um caso com outra menina. Parece que essa jovem também tinha namorado e a morte dele pode está ligada a essa situação. Por aqui ninguém fala nada. Todo mundo está com medo. Meu genro era um homem bom e tranqüilo” comentou Acácio Ferreira.

No sábado - Dois homens foram assassinados com disparos de revólver calibre 38 e outro saiu ferido no rosto, durante uma confusão ocorrida no ‘Bar do Paredão’, que funciona na Avenida Assis Chateaubriand, Distrito Industrial de Campina Grande.
O duplo homicídio ocorreu por volta das 23h30 deste sábado.
Testemunhas disseram à polícia militar que José Robson Leite dos Santos, de 28 anos, que saiu ferido com um tiro no rosto, estava em uma mesa com dois amigos e passou a exibir um revólver.
Em determinado momento um homem que estava em outra mesa, com mais cinco pessoas, tomou a arma e atirou nos amigos de Robson.
Foram mortos: Mauricio Leite Silva, de 28 anos, e Alexandre Calixto de Lira, de 34.
Um foi atingido com um tiro na nuca e outro com um disparo na boca.
O SAMU ainda realizou socorros, mas foi em vão, eles morreram no local.
Os acusados fugiram em um carro de cor prata e em uma motocicleta.
O José Robson, que mora no bairro Novo Horizonte, mesmo ferido, conseguiu fugir. Pouco tempo depois ele foi localizado no Hospital de Trauma e não corre risco de morte.


por: blog do marcio rangel Com colaboração de Renato Diniz