Breaking News

RN fecha 2013 com 148 profissionais em atuação pelo Mais Médicos



Rio Grande do Norte recebeu 148 profissionais do programa Mais Médicos em 2013. O balanço foi divulgado nesta terça-feira (31) pelo Ministério da Saúde. Do total, 15 são formados no Brasil e 133 no exterior. O governo federal informa que no próximo novos profissionais devem começar a trabalhar após o término do terceiro ciclo de adesão, cuja fase de seleção ainda está em curso.

De acordo com o Ministério da Saúde, os médicos do terceiro ciclo devem iniciar suas atividades em janeiro, se formados no Brasil, e em fevereiro, no caso de diplomados no exterior. Nesta etapa estão sendo contemplados municípios que ainda não receberam nenhum profissional do programa. Até o momento, o órgão ministerial contabiliza 87 municípios atendidos no RN.



Os médicos participantes estão trabalhando na atenção básica de 2.177 municípios brasileiros e em 28 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI). Dentre as cidades atendidas, 69% (1.222) apresentam mais de 20% da população em situação de pobreza extrema e concentram quase metade dos profissionais do programa (2.916). A meta do Ministério da Saúde é chegar, até março de 2014, a 13 mil médicos, atingindo, assim, 45,5 milhões de brasileiros.

Além dos municípios com população em extrema pobreza, também foram contemplados com profissionais do programa 25 capitais (861 médicos), 363 regiões metropolitanas (1.292 médicos) e 92 municípios com mais 80 mil habitantes e menor renda per capita do país (809 médicos). Outros 124 profissionais estão trabalhando em 28 distritos indígenas e 656 em localidades que não se enquadram nos perfis anteriores.

O estado que conta com o maior número de médicos do programa é a Bahia, que recebeu 787 profissionais. Em segundo lugar, vem o estado de São Paulo, que conta com 588 médicos, seguido pelo Ceará, com 572, e pelo Maranhão, com 445 – sendo este último o estado com menor índice de médicos por mil habitantes do país (0,5).



Fonte: G1/RN