Breaking News

Qual o novo prazo para a Record se tornar líder?


Há anos acompanhamos uma novela em torno da Record, emissora de Edir Macedo, no que se refere à meta de se chegar à liderança. Atualmente a emissora da Barra Funda mantém a vice-liderança isolada, tendo em alguns momentos não tão frequentes que dividir ou até perder para o SBT, a qual até pouco tempo atrás detinha tranquilamente esse posto.

Mais um ano está se encerrando e novamente a Record não chegou muito perto de alcançar essa almejada liderança entre as emissoras abertas brasileiras. Não nos surpreende, afinal, a Globo vem mantendo essa hegemonia há décadas e décadas; tem caído sim, a cada ano, mas ainda permanece com uma boa distância das demais. Alguém já viu um Império ruir da noite para o dia?

A meta de Silvio Santos, como ele mesmo já cansou de dizer publicamente, não é derrotar a Globo, uma vez que ele acha isso impossível, mas sim tentar fazer um bom trabalho para buscar o que é mais fácil, no caso, a vice-liderança. Já a Record mostra maior ambição e quer sim tomar o lugar da emissora dos Marinhos, isso sempre é dito publicamente pelos seus administradores e/ou diretores.

Seria sonho ou realidade? Muitos consideram correta a atitude da Record, diriam inclusive que é melhor almejar a liderança através de metas do que se conformar com a vice-liderança. Não discordo desta opinião, mas acredito que metas não necessariamente precisam ser expostas publicamente, deveria ser algo para se trabalhar internamente. Afinal, não as alcançando, a emissora sofre chacota do público e mancha sua imagem, o que já é muito comum com a Record.

O fato é que pelo menos este ano a emissora do Bispo não chegou perto da liderança absoluta, mesmo sendo um dos piores anos da platinada. Entretanto, nesse caso, não apenas a Record pode ser considerada ‘culpada’, mas também o SBT e as demais. Mesmo a Globo vivenciando uma fase negra, a concorrência não conseguiu se aproveitar tanto, o que remete a uma incompetência geral.

Mas finalmente, qual o novo prazo para a Record se tornar líder? Na apresentação da programação deste ano, o vice-presidente comercial da emissora, Walter Zagari, falou que a meta para 2013 era que a emissora aumentasse o share de 15,6% para 20%. Aumentou? Disse ainda – e respondendo a pergunta do título do artigo – que o prazo era de a emissora alcançar ou dividir a liderança com a Globo em três ou cinco anos.

Em entrevista mais recente, julho deste ano, Zagari afirmou: “A gente quer se igualar a nossa principal concorrente num período entre quatro e sete anos”. Nota-se que os prazos estão aumentando, o que torna as coisas mais possíveis. Porém continuam expondo publicamente, o que, em minha opinião, é totalmente equivocado.



Fonte: Tv Foco