Breaking News

China divulga primeiras imagens feitas por sonda após pouso na lua


Horas após a sonda não tripulada chinesa Chang’e 3 pousar neste sábado (14) na cratera lunar Sinus Iridum, a agência estatal chinesa Xinhua divulgou as primeiras imagens feitas já em solo lunar.
O pouso controlado foi o primeiro desde 1976. Com a aterrissagem, a China se tornou o terceiro país a conseguir pousar uma nave na lua, junto a Estados Unidos e União Soviética.
A sonda Chang'e 3, que recebeu o nome em homenagem a uma deusa da mitologia chinesa, carrega um veículo movido a energia solar chamado Yutu (ou Coelho de Jade, numa tradução livre), que irá fazer escavações e pesquisas geológicas.
A China tem aumentado suas ambições quanto aos programas espaciais para fins militares, comerciais e científicos.
A Chang E3, lançado da base aérea de Xichang no último dia 2 de dezembro, e que orbitava a uma velocidade de 1,7 quilômetros por segundo, começou a desacelerar quando se encontrava a 15 quilômetros da superfície lunar e pousou com sucesso às 11h12 (de Brasília).
A bordo do foguete Long March 3B está o veículo de exploração teleguiado chamado "Coelho de Jade". O novo equipamento tem painéis solares para obter energia, realizará análises científicas e enviará à Terra imagens em três dimensões.
A sonda funcionará durante três meses e poderá se deslocar a velocidade máxima de 200 metros por hora.
Solo da Lua é fotografado pela sonda chinesa após o pouso (Foto: Wang Jianmin/Xinhua/AP)Solo da lua é fotografado pela sonda chinesa após o pouso (Foto: Wang Jianmin/Xinhua/AP)
Imagem feita pelo módulo chinês Chang'e-3 mostra a superfície da Lua logo antes do pouso (Foto: AFP)Imagem feita pelo módulo chinês Chang'e-3, divulgada anteriormente, mostra a superfície da lua logo antes do pouso (Foto: AFP)
Em Pequim, cientistas chineses celebram o sucesso do pouso na Lua (Foto: AFP/CCTV)




















































































Fonte: G1