Breaking News

Capítulo bombástico de “Amor à Vida” recebe críticas. Autor rebate


Ontem foi ao ar pela Globo o tão esperado capítulo em que o vilão Félix foi desmascarado na frente de toda a família. Acontece que alguns críticos de TV analisaram o fato de que Félix poderia ter usado um argumento para não se entregar, como fez ontem.

O colunista Maurício Stycer questionou o fato de Félix ter pegado novamente o pano dias antes do exame feito pelo amigo de César. Assim, o vilão poderia ter usado este argumento contra as acusações de César não assumindo o crime de anos atrás.

Apenas um único detalhe o colunista não percebeu. Na novela mesmo foi contado que as digitais ficariam presas no sangue (não seco), e não no tecido. Desta maneira, as digitais de Félix puderam ser diagnosticadas mesmo anos depois do ocorrido.

Veja o que o autor, Walcyr carrasco escreveu em seu perfil no Twitter sobre o ocorrido.


”Atenção. Erro do @mauriciostycer na critica que fez! Pano, segundo a policia tecnica jamais marca impressão digital. Echarpe na mochila, @mauriciostycer ao toca-la não teria deixado marcas. Só no sangue que secou. Antes de criticar, examine os dados.”
Mas na verdade, o que faltou na sua critica, @mauriciostycer foi a não percepção de que confrontado com a verdade, Félix teve um break down. Tudo bem criticar, mas @mauriciostycer falar mal faz parte do seu contrato e vc acaba dizendo bobagem tecnica?Eu pesquiso antes de escrever.”

O colunista ainda não se manifestou.