Breaking News

Passeio de pônei é uma das atrações para crianças na Festa do Boi, no RN


Eles chamam atenção pelo tamanho e fazem a alegria das crianças que visitam a Festa do Boi, a maior exposição de animais e máquinas agrícolas do Rio Grande do Norte. Todas querem tocar, tirar uma foto e muitas delas montam nos pôneis. O passeio com os animais custa apenas R$ 4. E tem pônei pra todos os gostos: preto, branco, pintado, cinza, marrom e até com os pêlos cor de rosa.

Todos os passeios são feitos com acompanhamento de um tratador, que conduz o pônei pelo caminho determinado. Um deles é Fabiano Silva, que afirma que a maioria dos pôneis – na área de passeio são cerca de 20 – suportam pessoas de até 60 quilos, mas que algus dos maiores chegam a carregar montadores de até 100 quilos.
O pequeno Pedro Vinícius, com 2 anos de idade, já experimentou a sensação de cavalgar. A mãe do garoto, Ildilene Braga, disse que o filho viu um cavalo na televisão e não parava de falar nisso. Foi aí que ela resolveu trazê-lo para conhecer a Festa do Boi e viu nos pôneis a oportunidade de realizar a vontade de Pedro. "Quando chegou aqui, foi a primeira coisa que ele quis fazer. Eu achei ótimo. Só assim ele fica quieto", confessa. Ao fim do passeio, o visitante ainda pode pagar por uma fotografia, que é revelada na hora, e registrar o momento de alegria dos pequenos.
Crianças podem fazer passeio com os animais na Festa do Boi, em Parnamirim (Foto: Klênyo Galvão)
Crianças podem fazer passeio com os animais na
Festa do Boi, em Parnamirim (Foto: Klênyo Galvão)
No Parque de Exposições Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, são cerca de 200 animais dessa raça. Muitos vindos do interior do RN, outros da Paraíba e também de Pernambuco. Jaime Moura, 45, cria 170 pôneis em uma propriedade na cidade do Recife, capital pernambucana. A pecuária é tradição familiar, mas há 23 anos ele resolveu criar apenas pôneis e outros pequenos animais. "Eu tenho porco, vaca, bezerro... mas é tudo miniatura. Sempre achei bonito e resolvi apostar nisso", conta Jaime, que trouxe 20 pôneis para a Festa do Boi.
E os animais têm nome e sobrenome. O menor deles mede apenas 57 cetímetros de altura, tem 4 anos e atende por Eros Du Moura. Segundo o criador, um animal como esse, que é um exímio reprodutor, chega a custar R$ 50 mil. Quem tem uma fêmea e deseja fazer um cruzamento entre ela e o Eros terá que desembolsar a quantia de R$ 5 mil. Outro pônei que chama atenção pelas baias da Festa do Boi é o "gringo" chamado Playboy Du Moura. Ele nasceu nos Estados Unidos e foi trazido para o Brasil há 3 anos. Com 79 cetímetros de altura,  não é usado para ser montado, mas apenas em exposições, coberturas e estúdios de fotografias.
Como se não bastasse a baixa estatura dos animais, os funcionários da propriedade de Jaime Moura também são baixinhos. Na verdade, cinco deles são anões. Sandoval Lopes, 43, o Doda, se diz realizado. "Eu sempre gostei de cavalo, mas do meu tamanho fica difícil cuidar de um bicho daquele tamanho, né? Com os pôneis, eu consigo fazer o que eu gosto sem problema nenhum", revela Doda.


Fonte: G1/RN