Breaking News

Mulheres de militares se unem e lançam fórum em apoio à categoria

Dezenas de mulheres de militares da Polícia Militar do Rio Grande do Norte estão unidas para reforçar as lutas da categoria. O grupo criou o Fórum das Mulheres de Praças do RN e o lançamento oficial foi feito nesta quinta-feira (17). A ideia é passar a realizar encontros frequentes em vários pontos da Grande Natal ou até mesmo no interior do Estado.

Inicialmente, 46 mulheres já estão inscritas. No entanto, de acordo com Adriana Botelho, uma das coordenadoras do grupo, até a próxima semana o número deve aumentar consideravelmente. “A maioria dessas que se inscreveram já vinha debatendo e se organizando há aproximadamente um ano. Agora, vamos buscar agregar cada vez mais para encorpar nosso movimento”, destaca.
O primeiro encontro oficial foi realizado em São Gonçalo do Amarante. Já na próxima semana, o Fórum das Mulheres de Praças do RN deve passar por Nova Natal, na zona Norte da capital, bem como por Parnamirim. “Estamos mostrando para as demais mulheres dos militares que a luta da categoria por melhorias não é só deles. Nós que somos a família também temos obrigação de irmos pra rua se for preciso junto com nossos maridos”, completa Adriana.
Assim como os próprios militares, o Fórum das Mulheres de Praças já levantou como principal bandeira a busca pela criação da Lei de Promoção de Praças, tendo em vista que o projeto continua parado nas secretarias do Governo do Estado e ainda não tem previsão de ser encaminhado à Assembleia Legislativa.
Nesta sexta-feira (18), por exemplo, os militares vão se reunir em assembleia geral, no Clube Tiradentes, a partir das 9h, para deliberar sobre medidas que serão adotadas para pressionar o Governo a cumprir a promessa de dá andamento ao processo.
As integrantes do Fórum das Mulheres de Praças do RN já anunciaram que estarão presentes à assembleia e apoiarão qualquer decisão que for tomada pelos militares. Além de Adriana Botelho, o grupo é coordenado por Anailde Cals, Miria Pinheiro, Simone Carla, Valtércia Lima e Juscilene Melo.


Fonte: Portal B.O