Breaking News

9 desculpas para não ir à academia e alternativas para cada uma delas


Todo mundo conhece ao menos uma boa razão para se praticar atividade física! Ela faz bem ao coração, faz os ossos ficarem mais fortes, aumenta a resistência, proporciona mais energia, auxilia na perda de peso, aumenta a autoestima do praticante, permite a socialização etc. Para resumir, faz bem ao corpo e à mente!
Porém, mesmo sabendo de todos os benefícios que os exercícios oferecem, muitas pessoas ainda têm certa resistência ou até mesmo dificuldades em ir à academia ou iniciar qualquer outro tipo de atividade física. Por qual razão?! Os motivos são os mais variados! Mas alguns deles você já deve ter ouvido por aí: falta de tempo, indisposição, entre outros.
É claro que cada pessoa tem sua rotina, mas, a verdade é a maioria das mulheres pode se organizar e reservar pelo menos uns minutinhos do seu dia (ou algumas horinhas da sua semana) para praticar ao menos uma atividade física. Não há desculpas! Hoje em dia, para tudo se dá um jeito! Quer ver?!
Abaixo você confere algumas alternativas para as nova desculpas mais comuns entre as mulheres que não frequentam a academia e não praticam nenhuma atividade física.

Motivo 1: Falta de tempo

De fato, a rotina da maioria das pessoas, hoje em dia, não é fácil. Muitas mulheres têm filhos para cuidar, responsabilidades no trabalho e em casa. Porém, atentas a essa dificuldade que grande parte da população passa ou já passou, muitas academias estão se adaptando para melhor atendê-las.
“Ao notar a falta de tempo hábil para a prática da atividade física, muitas academia estão estendendo o seu horário de funcionamento. Algumas, hoje, funcionam até a meia-noite”, destaca Leandro Galende, bacharel em Esportes e coordenador da Academia Iniciação 2000.
“Outra opção para essas mulheres seria optar por academias que oferecerem exercícios funcionais, como o Crossfit, por exemplo. Os treinos são de curta duração e de alta intensidade, muito útil para aquelas pessoas que não podem exceder uma hora de treino em uma academia”, acrescenta o profissional.

Motivo 2: Cansaço

Não é raro ouvirmos as pessoas comentando que não aguentam ir para a academia à noite pois chegam tarde e cansadas de seus trabalhos.
“Uma sugestão é levantar um pouco mais cedo e ir malhar antes do trabalho ou ainda, sair do trabalho e ir direto para a academia. Para isso, já deixar uma ‘malinha’ no carro ou levar uma mochila com a troca de roupa”, diz Leandro Galende.
“Uma terceira opção seria procurar uma academia próxima ao trabalho e praticar no horário de almoço. O professor deverá elaborar um treino condizente ao tempo que a pessoa pode ficar na academia”, acrescenta o profissional.

Motivo 3: Clima

Algumas mulheres até vão durante meses à academia, mas, quando chegam os dias mais frios do ano, a vontade de malhar logo desaparece. Quem nunca ouviu um relatou assim?!
De acordo com Leandro Galende, o ideal, para essas mulheres, é procurar um horário em que a temperatura não esteja tão baixa. “Entre o final da manhã até o meio da tarde seria uma ótima opção para malhar”, diz.
“Porém, hoje a maioria das academias possui climatização, tanto para amenizar o frio, como para amenizar o calor”, acrescenta o profissional.

Motivo 4: Medo de ficar “forte”

Algumas mulheres pensam, equivocadamente, que se começarem a fazer musculação, ficarão logo com um “corpo masculinizado”, com músculos exagerados nas pernas, braços etc.
Leandro Galende destaca que ficar “musculosa” não é tão simples quanto parece. Exatamente por isso, essa não deve ser uma preocupação entre as mulheres e, muito menos, uma desculpa para não ir à academia!
“No homem, essa tarefa se torna mais facilitada pela presença (30 vezes mais do que na mulher) da testosterona – hormônio que exerce papel no desenvolvimento da musculatura esquelética, o que é, particularmente, significativo para compreendermos as diferenças sexuais no crescimento muscular e no aumento da força. E são os efeitos anabólicos da testosterona que são responsáveis pela retenção de proteínas pelos músculos e pela hipertrofia muscular que observamos na musculação”, explica.
“Mas, como a musculação tem várias finalidades, como aumento da massa óssea, redução da massa de gordura, condicionamento físico e, claro, aumento da massa muscular, o professor vai elaborar um treino de acordo com o perfil da mulher, orientando-a sobre a carga e a quantidade de repetição necessárias para atingir o objetivo pré-estabelecido”, acrescenta.

Motivo 5: Não querer mudar o corpo

Algumas mulheres dizem que não vão à academia, simplesmente, porque estão satisfeitas com o corpo: não querem nem emagrecer, nem ganhar peso. Porém, vale ressaltar que a atividade física traz muitos benefícios que vão além da questão estética.
Leandro Galende explica que a Organização Mundial da Saúde define saúde “não apenas como a ausência de doença, mas como a situação de perfeito bem-estar físico, mental e social”. “E a prática da atividade física, além de exercer um papel fundamental na manutenção do funcionamento do organismo, tornando-o bem condicionado, exerce um papel social. Numa academia você conhece pessoas, interage com alunos e professores”, acrescenta.

Motivo 6: Não gostar de malhar

Algumas pessoas dizem que não vão à academia pois não gostam de musculação e nem de exercícios aeróbicos. Porém, isso não é mais uma desculpa! Atualmente, existem nas academias de todo o País diversas atividades, para todos os gostos.
“É interessante experimentar várias modalidades até encontrar uma que se encaixe no seu perfil. Pode ser dança, onde as aulas são descontraídas; uma arte marcial, onde a disciplina é muito trabalhada ou ainda, optar por uma academia que una várias modalidades de ginástica e esporte”, diz Leandro Galende.
“Chamar uma amiga para participar também é uma ótima maneira de aderir a uma atividade física. Além de dar mais confiança por estar com alguém conhecido em um novo ambiente, uma pode incentivar a outra sempre mais”, acrescenta o profissional.

Motivo 7: Falta de dinheiro

Se este é o problema, aposte em treinos livres! Não há necessidade de gastar para entrar em forma e criar hábitos mais saudáveis de vida! Faça uma boa caminhada antes ou depois do trabalho. Se conseguir, intercale com uma corridinha.
Outra alternativa é procurar no Youtube vídeos com aulas de dança e acompanhar os passos, em casa mesmo!

Motivo 8: Cuidar dos filhos

Ser mãe não é mesmo uma tarefa fácil. Muitas mulheres têm dificuldades em encontrar um horário para ir à academia pois precisam ficar em casa cuidando do(s) filho(s) pequeno(s). Mas, ainda assim, essa não é uma desculpa para ficar sem se exercitar.
Uma boa alternativa é fazer um programa com seu filho: que tal levá-lo caminhar com você?
Caso a criança faça alguma atividade além da escola, como aulas de Inglês, Informática etc., você pode levá-lo ao local e já ir direto para a academia, aproveitando este tempo livre para fazer um treino, ainda que rápido.
Outra solução é pesquisar se na sua cidade existe alguma academia que tenha espaço para receber as crianças enquanto seus pais malham.
Ou, por fim, conversar com algum familiar sobre a possibilidade de olhar seu filho enquanto você passa alguns minutos na academia!

Motivo 9: Não alcançar resultados rápidos

Um erro comum entre muitas pessoas é começar a academia e acreditar que, em poucos dias, conquistará os resultados desejados.
Algumas mulheres, por exemplo, iniciam a atividade física com a ideia fixa de que querem perder 10 ou 20 quilos e esperam, sinceramente, que isso ocorra em pouquíssimo tempo. Como nem tudo é tão simples assim, às vezes, os resultados demoram a aparecer e as alunas tendem a se frustrar com isso e, muitas vezes, até a desistir dos exercícios.
Para não ter este tipo de decepção, independentemente de qual seja seu objetivo ao entrar em uma academia, a dica é estabelecer pequenas metas. De dois em dois quilos emagrecidos por mês, por exemplo, você chega lá! (Isso é, se a atividade estiver associada a uma alimentação equilibrada). E o melhor de tudo: de maneira saudável, sem estresse e cobranças desnecessárias.
Bom, se você, alguma vez, já usou uma dessas “desculpas” para não ir à academia, pode ter encontrado aqui uma boa alternativa para o seu caso. Afinal, com tantos benefícios que as atividades físicas oferecem, você não vai querer ficar de fora! Deixe a preguiça de lado e acredite que para tudo existe solução, desde que haja força de vontade!

Fonte: Dicas de Mulher