Breaking News

Polícia ainda busca suspeito de matar idosas e criança atropeladas no RN

Corpos das duas idosas e da criança estão sendo velados em Mossoró, onde as três morreram atropeladas (Foto: Marcelino Neto)As polícias Civil e Militar ainda procuram pelo motorista suspeito de matar atropeladas duas irmãs idosas e uma criança de 7 anos, fato ocorrido na noite da última sexta-feira (27) na saída de um culto evangélico no bairro Aeroporto II, em Mossoró, na região Oeste potiguar. Segundo o capitão Maximiliano Luiz, responsável pelo Comando de Policiamento Rodoviário Estadual na região, o motorista estaria bêbado quando atingiu as vítimas e fugiu sem prestar qualquer atendimento.
Morreram Ediene Alves da Silva, de 73 anos, natural de Patu, Maria Adélia Alves, de 69 anos, de Almino Afonso, e Henrique Erick Cristian da Silva, de 7 anos, que nasceu em Mossoró. Os corpos foram velados na tarde do sábado, em Mossoró, onde mora a maior parte da família. Maria Adélia e o neto dela foram enterrados no mesmo dia, em um cemitério da cidade. O corpo da mais velha foi levado paraCaraúbas, que também fica na região Oeste, e foi enterrado na manhã do domingo (28).
A dona de casa Elisângela Alves da Silva, de 29 anos, neta de uma das idosas, conversou com o G1 por telefone e mandou um recado para o motorista: “Por que fugiu? Merecemos uma satisfação”, disse ela.
O capitão ressaltou que qualquer informação que possa levar ao paradeiro do suspeito pode ser repassada à polícia por meio do telefone 190. A ligação é gratuita e não é preciso se identificar.
O atropelamento
O atropelamento que vitimou as duas idosas e a criança aconteceu na noite da sexta-feira (27), em Quixabeirinha, no bairro Aeroporto II, em Mossoró. Segundo a polícia, o grupo havia acabado de sair de um culto evangélico e estava atravessando a rua quando foi atingido por um Fiat Uno. O motorista não prestou qualquer atendimento às vítimas e fugiu.
Embriaguez
Segundo o capitão Maximiliano Luiz, responsável pelo Comando de Policiamento Rodoviário Estadual na região, o motorista passou o dia todo bebendo e estava embriagado. "A informação é essa. Já sabemos em qual o bar ele esteve e repassamos esta informação à Polícia Civil, que está conduzindo as investigações", disse ao G1.
O capitão disse também que o motorista ainda não foi identificado, mas há informações de que ele seria natural de uma comunidade rural do município de Apodi, que também fica no Oeste do estado. “A Polícia Militar da região já foi informada de que há familiares dele que residem nesta comunidade e as buscas continuam”, acrescentou Maximiliano.
Vìtimas ainda foram socorridas ao hospital, mas não resistiram aos ferimentos (Foto: Marcelino Neto)




























Fonte: G1/RN

Nenhum comentário