Breaking News

Aposentados e pensionistas do RN não recebem salários de agosto

Parte dos 27 mil servidores aposentados e pensionistas do Rio Grande do Norte não recebeu seus proventos na última sexta-feira (30), segundo dia de pagamento da folha do Governo do Estado. De acordo com o presidente do Instituto Previdenciário (Ipern), José Marlúcio, isso aconteceu porque existe um déficit de cerca de 25 milhões no fundo financeiro usado para pagar essas pessoas. “Hoje nós recolhemos cerca de R$ 65 milhões dos servidores da ativa, mas a folha chega a R$ 90 milhões. O governo ainda não repassou o valor referente a esse déficit", explicou.

De acordo com o presidente do Ipern, a Secretaria de Planejamento do Estado é quem pode responder pelo repasse. No entanto, até a publicação dessa matéria, o secretário Obery Rodrigues não atendeu ou retornou às ligações do G1.
O instituto não informou a quantidade de servidores que não receberam os salários. A professora aposentada Miriam Peixoto se surpreendeu quando verificou sua conta na última sexta. Ela está preocupada com as contas que não puderam ser pagas. “Nós temos as contas para pagar, mas o dinheiro não chega. Minha mãe precisa ir ao médico, mas não pode. O plano de saúde está atrasado”, disse.
Max de Souza chegou logo cedo à sede do Ipern, em Natal, para saber o que aconteceu com seus proventos, que também não chegaram. “Tem muita gente aqui para tentar saber o que aconteceu. As pessoas estão devendo, precisam do dinheiro. Isso nunca aconteceu”, afirmou.
Segundo José Marlúcio, os servidores que entraram a partir de 2005 participam de outro fundo. O fundo previdenciário tem recolhidos, atualmente, R$ 650 milhões. Mas esse valor só pode pagar aposentadoria ou pensão daqueles que entraram no serviço público a partir daquele ano. “Hoje são apenas quatro pessoas. São aposentados por invalidez, ou mulheres de policiais que faleceram. Esse fundo visa evitar, no futuro, esse déficit que temos hoje”, colocou.


Fonte: G1/RN

Nenhum comentário